Dicas para consertar vazamentos de água

Dicas para consertar vazamentos de água

Dicas para consertar vazamentos de água

Vazamentos são sinônimos de verdadeiros transtornos para qualquer morador. Isso porque seus estragos podem ser imensuráveis. Para evitar o “quebra-quebra”, listamos algumas dicas rápidas que podem ser colocadas em prática logo que o problema for detectado.

1 – Identifique o local

Manchas, mofo e umidade são os principais sinais de que há vazamentos. É recomendado comprovar de fato o foco da vazão, analisando a sua existência e que esteja causando infiltrações e executar somente o procedimento adequado no local, evitando danos desnecessários.

2 – Manutenção preventiva nas tubulações

Assim como toda e qualquer instalação requer manutenções e reparos, as instalações hidráulicas também necessitam de uma subsistência periódica, pois assim garantem sua funcionalidade e conservação por muito mais tempo.

Extra: Fazer um checklist básico, de preferência mensal, é importante pois assegura que a água utilizada está realmente sendo para consumo dos moradores, somente.

3 – Empresa profissional e especializada

Contratar uma empresa que atua no mercado, possui experiência e entende bem desse segmento, é o melhor recurso a se adquirir. Eles dispõem de equipamentos específicos e técnicas necessárias para a execução do serviço, a fim de resolver o problema da maneira mais eficaz possível.

Em vista disso, eles poderão ainda orientá-lo sobre os melhores períodos para se realizar inspeções preventivas.

O que é e como funciona o serviço de caça vazamentos?

É uma atividade do ramo de reparos e instalações que possuem como fundamento investigar, localizar, reparar e restaurar a origem de vazamentos.

Por estar se tornando uma área cada vez mais procurada e em constante expansão, para que possam se tornar verdadeiras competidoras em um mercado ainda mais exigente, as empresas precisam renovar e utilizar técnicas e equipamentos com um alto teor de qualidade, se almejam encontrar o seu espaço no segmento.

Um dos princípios de uma empresa de caça vazamento, é e encontrar o local do vazamento sem que danifique pisos e/ou paredes, e, que tudo seja feito de maneira rápida e eficaz.

Como identificar um vazamento?

Vaso sanitário

1° passo – Tire toda a água do vaso sanitário e em seguida, observe se a água irá retornar ao seu nível normal

2° passo – Caso ela retorne, significa que existe um vazamento da válvula de descarga – podendo ser também na caixa acoplada.

Subsolo

1° passo – Feche as torneiras e trave a boia com uma vassoura e barbante

2° passo – Verifique se o hidrômetro está rodando. Se estiver, provavelmente há um vazamento.

Obs. Após a constatação do vazamento, faça o teste de sucção.

1° passo – Feche o registro do cavalete e pegue um copo de água

2° passo – Vá até a primeira torneira que é alimentada pelo registro do cavalete que se encontra dentro do imóvel

3° passo – Coloque o copo embaixo da torneira para verificar se a água está sendo “sugada” pela torneira, ou seja, se a água estiver voltando para a tubulação, é porque tem vazamento no subsolo.

Outros indicadores de vazamentos:

  • Poças de água em locais não-comuns
  • Conta de água com valor muito acima do normal
  • Erosão do terreno (como desabamento de terras)
  • Pinturas com manchas, bolhas e descascamentos.

O que fazer?

Introduzir e implementar um cronograma de manutenção preventiva:

  • Limpar os aeradores (a cada 6 meses)
  • Verificar ralos e sifões de vasos sanitários, pias, tanques (a cada 6 meses)
  • Verificar a válvula de descarga (a cada 5 anos)
  • Limpar o crivo do chuveiro (tampa com furos), (a casa 12 meses)
  • Inspecionar rejuntes dos pisos cerâmicos, peças sanitários e ralos (a cada 12 meses)
  • Inspecionar a drenagem de áreas externas (a cada 12 meses).

Todo o projeto hidráulico de uma residência, é uma das partes fundamentais de uma obra, pois é ele que administra o abastecimento da casa. Entretanto, é importante no momento de dimensioná-lo, dispor de materiais de boa qualidade e mão de obra qualificada, além de fazer sempre a manutenção do sistema de forma regular.

Ruídos e vazamentos

Tubos e juntas mal escolhidos, podem ser considerados os maiores causadores de vazamentos. Por exemplo, nos banheiros, uma válvula de descarga com a abertura grande demais, normalmente, ocasiona em elevadas velocidades na canalização por onde a mesma é alimentada, podendo vazar ao ser fechada rapidamente.

Para isso, basta um teste fácil: Fechar todas as saídas de água e verificar o medidor. Se o ponteiro ficar parado, é porque não há vazamentos. Se continuar girando, é porque algo está errado e é preciso chamar um profissional para analisar o sistema.

Quanto aos ruídos, eles se tornam mais frequentes em edificações devido ao uso de braçadeiras metálicas que não amortecem as vibrações que são sentidas durante o processo de escoamento dos líquidos – o que não significa um problema hidráulico.

Ou seja, diversas coisas podem ocasionar ruídos no sistema, as quais devem ser avaliadas por um profissional.

Tubulações degradadas

É bastante comum, os tubos de PVC sofrerem desgastes com o decorrer do tempo, devido a sua exposição à luz solar e constantes variações da temperatura, se tornando ressecados e descoloridos. Ou seja, em resultado disto, eles acabam perdendo toda a sua eficiência, resistência e durabilidade.

Fluxo intermitente de água

Sifões que estejam mal instalados, podem gerar danos no escoamento da água. A instalação do sifão em formato de “U” invertido, forma vácuo e bolhas de ar nos ramais de distribuição, impossibilitando a passagem da água.

Em casos específicos, é comum até mesmo queimar a resistência do chuveiro devido à falta de escoamento.

Conclusão

Mesmo tendo todos os devidos cuidados e atenções para prevenir um vazamento, acidentes podem ocorrer, como um cano que pode ser acometido, as conexões podem apresentar pequenas folgas, ou até mesmo uma tubulação pode ser perfurada. Quando isso acontece, é preciso retirar todo o revestimento e substituir, fazendo a sua reconstrução.

Não é o tipo de procedimento que qualquer pessoa possa fazer, portanto, é importante a contratação de um profissional especializado.

Você pode pedir indicações para família, amigos, vizinhos ou colegas de trabalho. Atualmente, existe também o tipo de solicitação de serviços por meio de um aplicativo que possui contatos de empresas dos mais variados segmentos.